Fechar

Geral

Saúde

É possível se exercitar ao ar livre em tempos de Covid-19?

Publicado por Lethícia Conegero, 15:25 - 31 de março de 2020

Bloco de Imagem

Foto: Freepik

Muito além de levar ao emagrecimento, a prática frequente de atividade física fortalece o sistema imunológico e traz resistência. Em tempos de pandemia do coronavírus, seguir uma rotina de exercícios mantém a saúde em dia e pode proporcionar uma resposta mais rápida do organismo contra doenças.


As academias estão fechadas como medida de prevenção à contaminação da Covid-19, mas essa não é uma desculpa para não praticar atividade física. Na Rede CBN, o comentarista do quadro Bem-Estar & Movimento, Marcio Atalla, que é professor de Educação Física e especialista em Treinamento de Alto Rendimento, deu algumas orientações para quem pretende praticar atividades ao ar livre.



“A primeira recomendação para quem pretende fazer atividades ao ar livre é não fazer em grupo, faça isoladamente. A segunda é fazer próximo à residência e atividades com um período de duração mais curto. Para aquelas pessoas que, normalmente correm dez, quinze quilômetros, é preferível reduzir a distância”, destaca.



Atalla ressaltou que também é necessário ter cuidados de higiene ao retornar para casa. “A recomendação é deixar o tênis para fora de casa, colocar a roupa para lavar e tomar banho”, enfatiza. “Em muitos países, como a França, por exemplo, que estão em confinamento, a atividade ao ar livre é uma das exceções para as pessoas saírem de casa, se tomados os devidos cuidados”, acrescenta.


Na França, uma das cinco razões pelas quais a população está autorizada a sair de casa é a prática de atividade esportiva individual ao ar livre, além de fazer compras de alimentos e remédios, passear com o cachorro, ir ao médico ou trabalhar - quando o home office não é possível.


Outra atividade física possível neste período de isolamento é subir as escadas dos condomínios, também atendendo às recomendações de limpeza, segundo Atalla.



“A vantagem desse tipo de exercício é a que duração é menor porque a intensidade é maior. Se você fizer cinco minutos de manhã e cinco a tarde, já é um um baita exercício. Além disso, fazer preferencialmente sozinho e não tocar no corrimão da escada. Ao retornar para casa, mesma coisa da atividade ao ar livre: tênis do lado de fora, roupa para lavar e banho”, destaca.



O comentarista também compartilhou em sua conta do Twitter uma sequência de cinco exercícios para fazer dentro de casa. Segundo Marcio Atalla, “a intenção era fazer uma série fácil, principalmente para as pessoas que se exercitam muito pouco ou não se exercitam. Busque séries fáceis de serem feitas para que você consiga dar regularidade e fazer sem se machucar”, acrescenta.


Veja o vídeo:

Em casa


Para não deixar o corpo parado, a educadora física, Tayná Pugina, recomenda pelo menos dez minutos do dia para a prática de alguma atividade, que pode ser simples.



“Eu e minha família, por exemplo, que moramos em apartamento e não temos espaço externo, estamos nos reinventando. Usamos cadeiras para auxílio de exercícios como o ‘tríceps banco’, agachamentos, isometrias utilizando a parede, polichinelos, burpee, pranchas, abdominais, entre outros”, relata.



Segundo ela, para queima de calorias, a dica é fazer os exercícios como se fossem circuitos: escolher no mínimo três exercícios e fazer durante 40 segundos, com 20 segundos de intervalo entre eles, até completar 10 minutos ou mais.


Para continuar atendendo suas dez alunas, Larissa Franco, 22 anos, que é personal trainer em uma academia de Maringá, teve a ideia de gravar vídeos com os treinos funcionais e enviar pelo WhatsApp. Como suas clientes têm uma rotina de exercícios de musculação intensos, ela orienta que os treinos repassados sejam feitos duas vezes por dia.



“Todos os dias monto um tipo de treino em casa diferenciado. Um circuito só de exercícios funcionais não seria equivalente ao que elas fazem todos os dias na musculação. Então pedi que façam exercícios mais funcionais na parte da manhã e um treino mais localizado na parte da tarde, assim talvez chegaremos um pouco mais perto do gasto energético ou calórico diário delas”, explica


Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.


Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo