Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar nosso portal, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

17 de abril de 2024

IPT, vizinho da USP, terá polo do Google; saiba como vai ser


Por Agência Estado Publicado 21/02/2024 às 15h53
 Tempo de leitura estimado: 00:00

O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 21, a construção de um polo do Google no Instituto de Pesquisa e Tecnologia (IPT), que funciona colado à Universidade de São Paulo (USP), no Butantã, zona oeste da capital. Com isso, estudantes e pesquisadores da USP, entre outras universidades do Estado e do Brasil, poderão colaborar e aprender com a empresa global de tecnologia.

A ideia é que, a exemplo das parcerias que já ocorrem hoje no IPT com outras empresas privadas, como Lenovo e Gerdau, os estudantes e pesquisadores brasileiros possam participar e criar projetos junto à empresa. Neste primeiro momento, segurança online e inteligência artificial são as áreas de maior atenção do Google para esta parceria. O IPT já possui um laboratório de Seção de Inteligência Artificial e Analytics.

“Para nós, é um marco interno no Google, já que ele (o IPT) será o nosso segundo centro de engenharia no Brasil”, disse Fábio Coelho, presidente do Google Brasil, em evento de anúncio da iniciativa no Palácio dos Bandeirantes. O Google já tem um polo de engenharia e pesquisa em Belo Horizonte, ligado à Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), desde 2005.

Segundo Coelho, o centro mineiro, único até então na América Latina, é reconhecido internacionalmente dentro do Google pela sua excelência e colabora com pesquisas globais. Com mais um em São Paulo, a ideia é expandir a presença da empresa no Brasil e a colaboração de cientistas e engenheiros brasileiros.

Como será o polo do Google em São Paulo?

O prédio do IPT em que será instalado o polo da Google será o número 1, mais próximo à Escola Politécnica (Poli). Ele passará por uma reforma, feita pela própria empresa, a partir de setembro deste ano e deve ser inaugurado em 2026. A capacidade é de 400 pessoas, mas o Google não disse quantas pessoas deve contratar para trabalharem no espaço.

De acordo com a diretora-presidente do IPT, Liedi Bernucci, o prédio é semelhante ao ocupado por outras empresas privadas dentro do instituto, como Lenovo e Gerdau. “Estamos muito felizes e só começando. Devemos ter mais de 10 novas parcerias com empresas no IPT este ano”, afirmou.

O governador Tarcísio de Freiras (Republicanos) comemorou a parceria com a empresa dizendo que esta é mais uma iniciativa de união entre o Estado, a academia e a iniciativa privada. “É a união que dá certo”, afirmou. “Precisamos de inovação para deixar de ser o País do futuro e ser o País do presente (…). Agora nossos talentos não vão precisar sair do Brasil para trabalhar no Google.”

Segundo o Secretário de Ciência Tecnologia e Inovação do Estado, Vahan Agopyan, que veio da Poli e já foi reitor da USP, a ideia é que a inovação e tecnologia desenvolvida junto ao Google, outras empresas e de maneira independente pelas universidade gerem soluções para problemas do Estado, como a dificuldade de proteger e rastrear celulares roubados e identificar mensagens de risco a escolas, a exemplo do comportamento visto em autores de atentados nos últimos anos.

O presidente do Google afirmou que a segurança de celulares contra roubos e furtos é um dos pontos de maior atenção da empresa hoje e será abordada também no novo centro no IPT.

Pauta do Leitor

Aconteceu algo e quer compartilhar?
Envie para nós!

WhatsApp da Redação

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Atraso na compra da vacina da covid-19 adia campanha e deixa Estados sem doses


Atrasos no processo de compra de vacinas contra a covid-19 pelo Ministério da Saúde levaram ao adiamento do início da…


Atrasos no processo de compra de vacinas contra a covid-19 pelo Ministério da Saúde levaram ao adiamento do início da…

Geral

Como funcionava o esquema ‘parasita’ de tráfico de drogas para a Europa descoberto pela PF


A Polícia Federal do Rio Grande do Sul desarticulou nesta terça-feira, 16, uma quadrilha especializada no tráfico de cocaína para…


A Polícia Federal do Rio Grande do Sul desarticulou nesta terça-feira, 16, uma quadrilha especializada no tráfico de cocaína para…

Geral

Bombeiro atira em passageiro que pulou catraca do Metrô na Luz, no centro de SP


Ferido foi encaminhado para atendimento na Santa Casa. Secretaria da Segurança diz que disparo ocorreu após luta corporal entre o…


Ferido foi encaminhado para atendimento na Santa Casa. Secretaria da Segurança diz que disparo ocorreu após luta corporal entre o…