COLUNISTAS

Expoingá tem 'Espaço das Startups'

Publicado por Redação GMC, Especial Expoingá 2019, 09:25 - 09 de Maio de 2019

Bloco de Imagem

O Espaço das Startups, umas das três frentes de trabalho da Expoingá Digital – edição Inova Agro, conta com a exposição de dez empreendimentos que ficarão entre sexta (9) e domingo (12), no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro.


“Todos ficarão em um espaço especial do parque, tanto durante os dias dos dois eventos de tecnologia, como outros dois mais para apresentarem seus projetos para os associados, cooperativistas, produtores rurais e demais visitantes interessados. São projetos inovadores que facilitam a gestão do campo e as ações do agronegócio, alinhando tecnologia de ponta com agropecuária”, explica Ademir Moraes, diretor-secretário da Sociedade Rural de Maringá (SRM).


Entre elas está um a startup de Maringá, a RepotAgro, desenvolvida por três amigos. Segundo Thiago Bussola, programador e idealizador do projeto, eles criaram um micro controlador em conjunto de sensores que captam informações do solo, luminosidade, temperatura relativa do ar e umidade da terra. “Esses dados são passados para o dispositivo celular do produtor, que a partir de então, se organiza para fazer o plantio, adubar e fazer os demais trabalhos de manutenção da terra, reduzindo os riscos em acabar com prejudicado em uma ação agrícola”, esclarece.


Ainda em meio as startups inscritas, cinco pertencem a Incubadora de Inovações da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), do câmpus de Cornélio Procópio. São eles:


Kattle – Que oferece uma plataforma digital fácil, rápida e com interface amigável na escolha de touros reprodutores para inseminação artificial em rebanhos.


Compile Agro – é uma startup de tecnologia com foco no mercado agropecuário nacional, com a missão de melhorar os processos envolvidos na gestão de propriedades rurais, por meio de um software desenvolvido por especialistas que entendem as necessidades dos produtores brasileiros. Problemas como gestão de ativos, elaboração de plano de contas, elaboração de orçamentos, cotações, gerenciamento de serviços, relatórios de compra e venda, sementes e outros serão resolvidos com uso de rotinas inteligentes e processos que já deram certo no nicho financeiro, agora aplicadas ao mundo agro.


Kaggen – O projeto objetiva o desenvolvimento de um veículo autônomo, elétrico, leve e inteligente para pulverização de herbicida direcionada e precisa, proporcionando grande redução nos gastos com insumos, além de criar generosa base de dados para reconhecimento de pragas, doenças e outros indicadores que melhoram o gerenciamento do plantio.


Wardbox – Trata-se de uma empresa desenvolvedora de sistemas de monitoramento e automação para estufas. Seu objetivo é trazer tecnologia e soluções, principalmente para o pequeno e médio produtor, promovendo a integração de sensores e atuadores para controlar o ambiente e obter o melhor desempenho do plantio em ambiente protegido.


AnovaDS – trabalha para contribuir na tomada de decisões, buscando o valor presente em seus dados. O projeto desenvolve soluções em Business Intelligence e Ciência de Dados para a empresa, auxiliando na visualização dos dados, por meio de relatórios interativos, potencializando sua produção e soluções personalizadas.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo