Fechar

+ Esportes

Natação

APAN se prepara para competição antes do Paranaense

Publicado por Redação GMC, 16:17 - 04 de Abril de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Raphaella Piovezan/FDAP

A equipe da Associação de Pais e Atletas de Natação (APAN) participa neste sábado (6), em Londrina, da 2ª etapa Circuito Regional de Natação. A equipe maringaense terá 65 atletas na competição, em todas as categorias (mirim a sênior). O Regional será disputado em duas etapas: manhã e tarde. É a última competição antes do Campeonato Paranaense, que será na segunda quinzena de abril, em Curitiba, no Clube Santa Mônica.


“É a primeira competição do ano em piscina curta. Nosso objetivo é que os atletas consigam melhorar suas marcas e possamos estar cada vez mais fortes para disputar o campeonato estadual”, explicou o técnico de Maringá, André Yamazaki. Na natação possui dois tipos de competição: em piscina olímpica (50 metros) e piscina curta (25 metros). Nas olimpíadas as competições são realizadas em piscina de 50 metros.


O técnico maringaense ainda cita que o objetivo da equipe é levar o máximo de atletas para os campeonatos brasileiros (infantil, juvenil, júnior e sênior).


“A expectativa é chegarmos em 20 atletas com índices para nacionais”, complementou. A Apan, em sua história recente, já teve alguns atletas medalhistas em Campeonato Brasileiro, como os atletas Júlio Ito e João Altoé, hoje no Clube Curitibano.


Essa etapa do Circuito Regional contará com cerca de 250 atletas. A competição é organizada pela Federação Paranaense de Desportos Aquáticos (FDAP), e a equipe maringaense conta com o apoio da Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesp). Esse ano, a Apan participará dos Jogos Abertos Paraná (Jap′s), Jogos da Juventude do Paraná (Jojup′s), Campeonato Sul-Brasileiro, Campeonato Paranaense e Brasileiro.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo