Fechar

Maringá

UPAs de Maringá

A cada 10 pacientes atendidos, 5 estão com problemas respiratórios

Publicado por Nailena Faian, 14:19 - 30 de Julho de 2018

Bloco de Imagem

Gripe, rinite e sinusite são as principais reclamações dos pacientes atendidos nas UPAs de Maringá. Foto: Divulgação/PMM

Sem chuva há 48 dias, o tempo seco em Maringá está deixando as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) lotadas. Desde segunda-feira (23), a cada 10 pacientes atendidos, 5 apresentavam problemas respiratórios.


O cenário é igual tanto na UPA Zona Sul quanto na UPA Zona Norte. Em média estão sendo atendidos de 500 a 600 pacientes por dia. O dia mais lotado costuma ser a segunda-feira.


Segundo o diretor da Upa Zona Norte, Marcos Antônio Ventrilho, as pessoas procuram atendimento se queixando de gripe, sinusite, rinite e, em casos mais graves, de pneumonia.


Orientações
A recomendação é fazer uso de um umidificador de ar nesses dias mais quentes. Quem não tem condições de comprar o aparelho, a dica é colocar uma toalha úmida na cabeceira da cama, usar hidrante no corpo e tomar bastante líquido.


Chuva está chegando
Segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), a chuva deve chegar nesta segunda-feira (30) em Maringá. Só que não dá para se animar. A previsão é de apenas 0,3 milímetros. Na terça-feira (31) deve chover um pouco mais, a previsão é de 5,9 milímetros.


A chuva de “verdade” deve vir mesmo na sexta-feira (3), quando o Simepar prevê 41,2 milímetros. Para o mês de agosto, a média histórica de precipitação é 58 milímetros. Em agosto do ano passado choveu 124 milímetros na cidade.


Clique aqui e leia mais notícias de Maringá

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo