Fechar

Paraná

Redução

Governo quer incorporar pequenas cidades a municípios vizinhos

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 09:22 - 06 de Novembro de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O assunto ainda vai dar muito o que falar. O Governo Federal quer reduzir o número de cidades no país. Pelo menos 1.200 cidades com menos de cinco mil habitantes poderiam ser incorporadas a cidades vizinhas, reduzindo gastos com estrutura administrativa: prefeitura, secretarias, câmara de vereadores... Tome como exemplo Iguatemi, que é distrito de Maringá. Tem 12 mil habitantes, bem mais do que muitas cidades por aí. A economia é bem-vinda.


Mas será que toda cidade pequena é inviável do ponto de vista econômico? São Jorge do Ivaí, aqui no noroeste, tem 5.500 habitantes de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), escapa por pouco da régua proposta pelo Governo Federal. Mas é considerada um modelo em gestão fiscal, de acordo com o índice Firjan 2019, que analisou 5.337 municípios.


A cidade recebeu classificação de excelência em todos os indicadores: autonomia, gastos com pessoal, liquidez e investimentos. As contas estão em dia e a administração consegue investir em melhorias como ar condicionado nas salas de aula e transporte urbano, além do rural, para os estudantes da rede municipal de ensino, diz o prefeito André Luiz Bovo.


"A nota máxima veio no quesito investimento. Investimentos, que se traduzem em obras, melhorias, nós alcançamos nota máxima. Nós temos os investimentos em obras, que vale para o número, mas nós temos também investimentos nas pessoas. Temos vários programas e ações que não entram nesse quesito, porque não são obras. Mas nós temos a consciência de que isso também é um investimento na pessoa", afirma. 


O prefeito acredita que a importância das cidades, independentemente do tamanho, é a proximidade que a gestão tem do cidadão.


Ouça a entrevista


Além da proposta do Governo Federal, um projeto de lei tramita no Senado com a mesma ideia: reduzir o número de cidades. O projeto é do senador Oriovisto Guimarães do Podemos do Paraná.


Veja a lista com os municípios da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep) que poderiam ser extintos com a regra, de acordo com a estimativa de população do IBGE 2019:


- Ângulo


- Atalaia


- Floraí


- Flórida


- Iguaraçu


- Itaguajé


- Ivatuba


- Lobato


- Munhoz de Melo


- Nossa Senhora das Graças


- Ourizona


- Santa Inês


- Uniflor


Matéria atualizada às 9h10 desta quinta-feira (7)


Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo