Fechar

COLUNISTAS

Luminosidade: veja como cuidar de suas plantas

Publicado por Rosangela Oldemburg/Paisagismo em Formas e Cores, 17:05 - 30 de Dezembro de 2019

Bloco de Galeria

Fornecer luz à planta não é apenas um cuidado, mas uma necessidade fundamental para preservar sua beleza e seu desenvolvimento. Assim, a fotossíntese é realizada e a planta fica com vigor suficiente para continuar crescendo.


Plantas de pleno sol: flor de sino (campânula médio), azaleia (rhododendro Simsii), formigo (phormiun fenax), croton (codiaeum variegatun), agapanto (agapanthus africanus) e orquídea bambu (arundina graminifolia) são alguns exemplos.


Já entre as que se desenvolvem em meia sombra estão: pleomele (Dracena reflexa), heliconia (heliconeaceae), costela de Adão (monstera deliciosa), Claudia (Claudia fluminenses), clirofito (clorophytun comodante), e por aí vai.


Iluminação restrita: grama preta (ophiopogon japonicus), absolvendo (asplenium nidus), ripásseis (repisais baciforme).


Quando uma planta recebe luz em excesso surgem manchas queimadas e secas do centro para fora das folhas.


Os exemplares cultivados sem vasos também merecem cuidados especiais quanto à luminosidade: durante o inverno a orientação é prestar atenção na luminosidade que diminui - a planta pode vir a morrer.


Eu sou Rosangela Oldemburg, estou aqui para tirar suas dúvidas.


Contate-me pelo e-mail: rooldemburggmconline@gmail.com 

Bloco de Imagem

Rosangela Oldemburg

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo