Fechar

Volei

Em quadra

Maringá tem dois times no Campeonato Paranaense de Vôlei

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 15:40 - 05 de setembro de 2018

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação/CBN Maringá

Maringá tem dois times no Campeonato Paranaense de Vôlei. Um deles é o Copel Maringá; o outro, o AMPV Vôlei, que é semiprofissional. São os próprios atletas que bancam as despesas.


Com um elenco de 15 atletas, o AMPV/Unifamma/ Maringá disputa há anos o Campeonato Paranaense. O time é formado por atletas profissionais do vôlei de areia ou ex-atletas profissionais. No estadual, é a equipe que há mais anos representa Maringá na competição. Agora, divide o espaço com o Copel Maringá, uma equipe profissional.


O AMPV já disputou três jogos – e perdeu os três. Neste ano, no estadual, há duas equipes de superliga A: o Ponta Grossa e o Copel Maringá, e o Palmas, da Superliga B. Isso aumenta a dificuldade para quem tem o orçamento modesto.


Apesar disso, vale entrar em quadra. Só que a equipe é semiprofissional. E, no estadual, são eles próprios que arcam com as despesas. Por campeonato paranaense, a estimativa de gastos fica em 20 mil reais – custo dividido entre os atletas.


O levantador Robson Xavier diz que, apesar disso, os jogadores gostam mesmo é de representar Maringá. Eles sabem a diferença entre um orçamento alto e um baixo.


O levantador atua como treinador de vôlei de praia em Maringá. Ele explica que o time é formado por gente que veio da base também. Na avaliação de Robson Xavier, times da Superliga A e B dão mais brilho ao torneio. Ao todo cinco equipes participam do paranaense.


A próxima partida do AMPV é no dia 07, contra o Palmas, em Palmas. O time é o lanterna da competição. Em três jogos, tem três derrotas e soma um ponto.


Copel Maringá


Após estrear no paranaense vencendo no tie break por 3 sets 2 o Ponta Grossa, o Copel Maringá agora encara o Foz do Iguaçu. O jogo é na casa do adversário, nesta quarta-feira (5), às 20h, no ginásio Sest/Senat. É a segunda partida do time maringaense na competição.


No caso do Foz, não. É a quarta. A equipe adversária vem de uma vitória diante do Unifamma/Maringá também no tie break: 3 sets a 2.


Na tabela, o Copel Maringá é o quarto colocado, com um jogo disputado e uma vitória, somando um ponto dois pontos. O Foz é o terceiro, com 2 pontos: foram três jogos: uma vitória e duas derrotas.
Por isso, o técnico Alessandro Fadul espera um jogo difícil.


Ao todo, cinco times participam do estadual: Caramuru Ponta Grossa, Palmas/Guararapes, Foz do Iguaçu, Copel Maringá, Unifamma/Maringá.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo