Fechar

Maringá

Confusão

Mais uma vez, celulares adiantam relógio em uma hora

Publicado por Nailena Faian, 07:39 - 03 de novembro de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Pixabay

Neste domingo (3) muita gente ficou confusa com o horário ao acordar. Isso porque mais uma vez celulares adiantaram o relógio em uma hora automaticamente, mesmo sem o horário de verão em funcionamento. O problema foi relatado em redes sociais por usuários do sistema Android e o assunto voltou a ocupar o trending topics do Twitter.


Neste domingo é dia da primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A mudança errônea no horário pode ter confundido muitos participantes da prova.



Acerte seu relógio com o horário de Brasília, a hora oficial do Brasil



Em comunicado no blog, o Google já havia adiantado que o problema era previsto. Segundo o Google, "todas essas modificações impactam diretamente no Banco de Dados Global da IANA (em português, Autoridade para Atribuição de Números de Internet), que é utilizado por smartphones e dispositivos eletrônicos para garantir que você esteja sempre na hora certa, onde quer que esteja. Na prática, isso significa que alguns celulares possivelmente não tenham a informação necessária para evitar que o relógio dos aparelhos seja alterado automaticamente como se o horário de verão ainda estivesse valendo".



Os celulares já haviam adiantado em uma hora automaticamente em 20 de outubro, o terceiro final de semana do mês, data em que tradicionalmente começava o horário de verão. 


O horário de verão foi extinto pelo presidente Jair Bolsonaro por meio de decreto publicado em abril. 


Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo