Fechar

Maringá

Proteção

Máscaras ajudam a cortar a cadeia de transmissão do coronavírus

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 08:48 - 17 de abril de 2020

Bloco de Imagem

Foto: Luciana Peña/CBN Maringá

Em Maringá, gradualmente as empresas retomam as atividades. Aos poucos as pessoas estão voltando às ruas. É neste momento que a gente não pode esquecer de um acessório que é aliado no combate ao coronavírus: a máscara.


Mas ainda tem muita gente por aí sem a proteção. José Eugênio, de 70 anos, passou quase um mês sem sair de casa. Depois de tanto cuidado, voltou às ruas sem máscara.



“Eu vim receber o pagamento e esqueci de por a máscara. É a primeira vez [que saio de casa]. Só vim na Caixa receber e, agora, estou indo embora rapidinho. [Sobre a máscara] vou comprar agora”, conta Eugênio.



Nesta pandemia do coronavírus a máscara se tornou uma acessório indispensável. Ela pode não evitar que uma pessoa se contamine. Mas evita que uma pessoa contaminada transmita o vírus. E tem muita gente assintomática, que nem sabe que está com o vírus.


Os estudos apontam que um infectado pode contaminar até seis pessoas. Quem usa máscara ajuda a cortar esta cadeia de transmissão. É o que diz a infectologista Simone Bonafé.



“Seria interessante as pessoas usarem as máscaras, mesmo sem sintomas, para que caso elas fossem assintomáticas, elas não estivessem disseminando vírus”.



As máscaras cirúrgicas são as mais eficientes, mas neste momento de pandemia é preciso reservar todo o estoque para os profissionais de saúde e doentes.


Outras opções são as máscaras de tecido ou de TNT. Elas só podem ser usadas por 2 horas no máximo. A de TNT tem que ser descartada e a de tecido pode ser reutilizada. A dica é tirar a máscara sempre pela alça e lavar as mãos em seguida.


A máscara de tecido deve ser bem lavada com água corrente e sabão. Depois precisa ficar de molho por 30 minutos numa solução com água sanitária. A proporção é de 1 para 10. Por exemplo: 10 mL de água sanitária para 100 mL de água. Enxágue e deixe secar bem.



“O importante é que a máscara de pano tem que ser usada sempre seca, nunca usar com ela molhada, se ela tiver úmida, não pode usar […]. A máscara de pano, deu duas horas, tem que ser trocada por uma nova máscara. Se você está na rua, o que a gente orienta é colocar essa máscara dentro de um saquinho plástico, por exemplo. E, depois, quando chega em casa, descartar esse saco plástico e já lavar a máscara”, explica Simone.



Portanto não esqueça: só saia de casa com máscara.


Ouça a reportagem completa na CBN Maringá.



Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, cliquei aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.


Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo