Fechar

Maringá

Luto

Palhaço Lero-Lero morre aos 71 anos em Maringá

Publicado por Redação GMC, 08:56 - 07 de novembro de 2019

Bloco de Imagem

Palhaço Lero-Lero. Foto: HUM/UEM

Foi sepultado na manhã desta quinta-feira (7), o corpo de Augusto César Castelo Branco, conhecido como Palhaço Lero-Lero. Ele morreu nesta quarta (6), aos 71 anos, em Maringá. O sepultamento está marcado para 10h, no Cemitério Municipal.


Por cerca de 20 anos, “Lero-Lero, nariz de farelo”, ou “Dr. Caça Tristeza”, como se apresentava, levou alegria e realizou um trabalho educativo em escolas, asilos e, principalmente, hospitais.


Segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital Universitário (HU) de Maringá, Lero-Lero chegou a Maringá há mais de 40 anos. Mas foi após passar por um problema de saúde, que reconheceu a necessidade de levar para o ambiente hospitalar um pouco de leveza, por meio da alegria do palhaço.


Por este motivo ele começou a frequentar o HU, oferecendo a crianças e adultos momentos de leveza e distração.


O trabalho do palhaço o fez ser reconhecido pela Câmara de Maringá, que em 2015 entregou a ele o título de Mérito Comunitário.

Bloco de Imagem

Foto: HUM/UEM

De acordo com o radialista Edvaldo Ferreira, Lero-Lero se recuperava de uma cirurgia de córnea. “Há quatro meses ele participava do meu programa na Rádio Ingamar AM, toda sexta-feira, com o quadro ‘Jesus, o palhaço e as crianças’... Muito triste.. Ele era um exemplo para as crianças…”, publicou o radialista nas redes sociais.


Diante da perda, o prefeito Ulisses Maia também usou as redes sociais para se solidarizar. “Lamento a morte do Palhaço ‘Lero Lero’. Uma pessoa querida que levava alegria para tanta gente. Que Deus conforte o coração da família e dos amigos”.


O velório ocorre desde a noite desta quarta (6), na Sala 1 da capela do Prever, em frente ao Cemitério Municipal.


Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo