Fechar

Maringá

Ajuda

Prefeitura de Maringá compra cestas básicas para distribuir a famílias

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 18:43 - 02 de abril de 2020

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação

Em meio à pandemia de coronavírus, com o comércio fechado e o isolamento social em Maringá, a Prefeitura comprou, via dispensa de licitação, 6 mil cestas básicas. Ao todo, o município gastou R$ 432 mil. Cada unidade saiu por R$ 72.


A cesta, segundo edital, tem 10 itens como pacotes de arroz, macarrão, café, açúcar e sardinha.


Segundo o município, os itens vão ser entregues às famílias que vivem abaixo da linha da pobreza em Maringá, estejam cadastradas ou não nos Centros de Referência de Assistência Social, (Cras). A renda per capita para esse grupo é de R$ 178. A estimativa é de que sete mil famílias vivam abaixo da linha da pobreza.


Além disso, 10 mil cartões no valor de R$ 90 estão sendo distribuídos. A quantia é para a alimentação básica.


Um dos diretores da Secretaria de Assistência Social de Maringá, Paulo Gustavo disse que as cestas foram compradas para evitar que as pessoas saiam no período.



“O auxílio alimentação sempre foi feito pela secretaria de Assistência Social. Há algum tempo, Maringá entregava cestas nos Cras, e muitas cidades continuam entregando a cesta básica. Maringá, de um tempo para cá, passou a entregar os cartões alimentação. então, é uma continuação do serviço que era feito, mas como aumentou a demanda de pessoas que precisam de um auxílio nesse tempo, nós aumentamos também a quantidade, e optamos pela cesta para evitar que as pessoas saiam de casa. As famílias que recebem essa cesta são as famílias que entraram em situação abaixo da linha da pobreza, que é abaixo de R$ 178 por pessoa. Como a pessoa não tem cadastro, nós vamos fazer uma avaliação rápida e ela vai precisar assinar que ela recebe aquele valor mesmo e não tem condições de fornecer alimento para sua família”, explicou.



No site da prefeitura há uma explicação de como obter essa ajuda. O endereço é o maringa.pr.gov.br.



Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.


Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo