Fechar

Paraná

Nesta manhã

Bombeiros localizam corpos dos 3 irmãos desaparecidos em Faxinal

Publicado por Monique Manganaro , 09:15 - 29 de Maio de 2019

Bloco de Imagem

Os irmãos, de 8, 12 e 14 anos, desapareceram na tarde desta terça-feira (28). Foto: reprodução/Facebook

Foram encontrados, na manhã desta quarta-feira (29), os corpos dos três irmãos que estavam desaparecidos desde a tarde desta terça-feira (28), em Faxinal (a 138 quilômetros de Maringá). Os três desapareceram após o carro em que eles estavam cair dentro de um córrego, na região rural da cidade.


De acordo com o Corpo de Bombeiros, foram realizadas buscas terrestres e aquáticas, desde a tarde de ontem. Moradores da região indicaram aos socorristas o local onde o veículo foi visto e, na manhã desta quarta, o carro foi encontrado submerso com os irmãos dentro.


“Mergulhadores do Corpo de Bombeiros fizeram a retirada dos corpos das vítimas de dentro do veículo e na sequência a retirada do carro da água”, explicou a corporação em nota divulgada à imprensa.


Segundo informações do secretário de Administração de Faxinal, Francisco Ferreira, em entrevista à CBN Maringá, os irmãos, de 8, 12 e 14 anos, estavam com os pais dentro do carro no momento do acidente. O pai e a mãe conseguiram se salvar, mas não tiveram tempo de retirar os filhos antes que o veículo fosse levado pela correnteza. 


Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico de Legal (IML) de Apucarana.


Pais estão em choque


Os pais das crianças não conseguiram dar detalhes do acidente. Ainda em choque, o casal disse não se lembrar com clareza do que aconteceu na tarde desta terça-feira. A informação foi dada pelo secretário de Administração de Faxinal, Francisco Ferreira, em entrevista à CBN Maringá na manhã desta quarta-feira (29).


“Naquele momento, a ponte estava submersa. Passou um carro antes, sem problema nenhum, e aí o condutor [pai] resolveu atravessar também. Segundo ele, quando estavam já no meio da ponte, a traseira do carro se perdeu e foi aí que o carro foi para o córrego”, explicou Ferreira.


O casal, de acordo com ele, diz que não se recorda de quase nada. O pai não soube explicar como conseguiu sair da água. Já a mãe lembra apenas que se segurou em uma corda arremessada por alguém e assim conseguiu se salvar.

Compartilhe

1 Comentários

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

  • Karol

    Karol

    6 meses atrás
    Que tragédia cada um tem uma opnião mas eu jamais teria coregem de sair do carro e deixar meus filhos dentro faria o possivel para tira-los não conseguiria viver pensando que podia ter salvado eles e não tentei

voltar ao topo