Fechar

Policial

Investigação

Foragido da Cpim é o principal suspeito de homicídio em Paranavaí

Publicado por Monique Manganaro , 16:21 - 29 de Janeiro de 2019

Bloco de Imagem

Foto: arquivo/Portal da Cidade Paranavaí

Um homem, de 30 anos, foragido da Colônia Penal e Industrial de Maringá (Cpim), é o principal suspeito de assassinar um homem de 43 anos em uma boate de Paranavaí (a 73 quilômetros de Maringá). O crime aconteceu na madrugada do dia 15 deste mês e o Inquérito Policial foi concluído nesta terça-feira (29).

“Após o crime, a Polícia Civil iniciou as investigações, entre elas na busca de pessoas que se encontravam no local. Várias foram à delegacia e prestaram depoimento, informando as características do autor do disparo que tirou a vida do tatuador Fábio Antônio De Paula Ramos”, explicou o delegado-chefe da 8ª Subdivisão Policial, Luiz Carlos Mânica.


Com as informações, os policiais chegaram até o principal suspeito do assassinato. Dias depois do crime, o homem foi preso em flagrante portando uma arma de fogo que, segundo a polícia, pode ser a mesma utilizada no homicídio.


Testemunhas que estavam na boate quando o assassinato aconteceu foram chamadas e reconheceram o suspeito como autor do crime. “Além da recaptura, o homem teve a sua prisão preventiva decretada em razão do crime de porte ilegal de arma de fogo”, destacou Mânica.


De acordo com o delegado, durante o interrogatório, o suspeito preferiu se manter calado e não respondeu às perguntas dos policiais.


Agora, a investigação segue para o Poder Judiciário “com uma nova representação por prisão preventiva, dessa vez em razão do homicídio”, segundo Mânica. O homem, até o momento, continua preso.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo