Fechar

Policial

Operação Integrum

Porto clandestino é montado em terreno da prefeitura

Publicado por Luciana Peña/CBN Maringá, 08:48 - 27 de June de 2019

Nesta quinta-feira (27), a Polícia Federal (PF) cumpre em Guaíra 11 mandados de prisão preventiva e oito de busca e apreensão na Operação Integrum. A investigação começou com a prisão de sete pessoas que estavam descarregando cigarros num porto clandestino em Guaíra.


Esse porto funcionava numa área pública, que pertence à Prefeitura de Guaíra e perto do Núcleo de Polícia Marítima da Polícia Federal.


Os detidos são acusados de formar uma organização criminosa que trazia cigarros e eletrônicos do Paraguai por meio de transporte fluvial. Eles vão responder por crimes como contrabando, descaminho, corrupção de menores e organização criminosa.


O nome da operação faz referência à reintegração da área pública onde os criminosos se instalaram. Os detalhes serão apresentados em coletiva de imprensa às 10h na delegacia da PF em Guaíra.

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação/PF

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo