Fechar

Política

Eleições 2018

Professor, doutor, pastor: candidatos se identificam pela carreira

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 11:45 - 29 de setembro de 2018

Na eleição deste ano, alguns candidatos utilizam a titulação antes do nome. Dessa forma, apresentam a carreira que escolheram para, quem sabe, conseguir a empatia do eleitor.


Dos 767 candidatos a uma vaga na Assembleia Legislativa, 46 se identificam como professores; 21 como doutores e 9 como pastores.


Tentam vaga na Câmara Federal 450 candidatos do Paraná. 43 colocam antes do nome a palavra professor; 10 colocam doutor; e 6 pastor.


Não à toa, esses itens estão relacionados à saúde, à educação e à religião: temas que interessam ao brasileiro. Mas na prática isso funciona?


Não necessariamente, avalia o cientista político Tiago Valenciano. Há uma ideia de autoridade mas também de histórico de vida, disse ele em entrevista à CBN Maringá.

Quanto a ser efetivo, o cientista político diz que não necessariamente porque, no Brasil, a carreira política tem muito mais variáveis do que uma palavra antes do nome.


Foto de capa: Reprodução/EBC

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo