Fechar

Futebol

Ronaldo, Seedorf, Forlán...

Relembre grandes contratações do futebol brasileiro na última década

Publicado por Victor Ramalho, 15:15 - 13 de Fevereiro de 2020

Recentemente, o Botafogo anunciou o meia japonês Keisuke Honda, ex-Milan, CSKA Moscou e que disputou três Copas do Mundo. A contratação causou 'barulho' no futebol brasileiro, porém, é apenas mais um exemplo das inúmeras aquisições de impacto dos times nacionais nos últimos anos.


Na última década, vários jogadores de renome vieram atuar no Brasil. Chegou a hora de relembrar alguns deles! Confira:

Bloco de Imagem

O 'fenômeno' fez história no futebol mundial e na Seleção Brasileira. Em 2009, decidiu mudar a história da 'Fiel torcida'. (Foto: Divulgação)


Ronaldo 'Fenômeno'



Um dos maiores atacantes da história do futebol brasileiro, Ronaldo vivia um momento conturbado, com uma série de lesões no futebol italiano. No fim de 2008, após deixar o Milan-ITA, retornou ao Brasil para tratar uma lesão no joelho e manteve a forma física no Flamengo. 


Surpreendentemente, no entanto, o jogador foi anunciado pelo Corinthians, se tornando o astro principal de uma série de ações de marketing e principal responsável pela retomada alvinegra, após o retorno à Série A, em 2009. 


Claro que as constribuições do fenômeno não ficaram apenas em propaganda. Em campo, foram 35 gols em 69 jogos e os títulos paulista e da Copa do Brasil em 2009.

Bloco de Imagem

O 'Imperador' de Milão voltou ao Brasil, em 2009, para defender o time do coração. Na gávea, o título de Campeão Brasileiro em 2009. (Foto: Divulgação)


Adriano 'Imperador'



Não foi só o 'Fenômeno' que retornou as raízes brasileiras em 2009. O Flamengo também se mexeu e trouxe de volta o herói da Copa América de 2004 e uma das principais revelações rubro-negras no século. Adriano deixou a Itália após ganhar praticamente tudo pela Internazionale, formando um lendário ataque ao lado de Ibrahimovic. 


No Rio de Janeiro, o 'Imperador' foi o principal responsável, ao lado de Petkovic, pela conquista do Campeonato Brasileiro de 2009, uma das maiores viradas da história da competição.

Bloco de Imagem

O 'Rei da Pedalada' também voltou pra casa, em 2010, formando um dos maiores ataques do Brasil no século. (Foto: Divulgação)


Robinho



Revelado na safra de 'Meninos da Vila' em 2002, Robinho retornou à Vila Belmiro, em 2010, por empréstimo junto ao Manchester City. Insatisfeito na Inglaterra, o 'Pedalada' escolheu voltar ao Peixe por conta da identificação com o clube, visando uma vaga na Seleção que disputaria a Copa do Mundo da África do Sul.


No time paulista, foram 2 títulos memoráveis naquele ano, com o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, guiando os garotos Neymar, André e Paulo Henrique Ganso, que acabavam de surgir. Após 22 jogos e 11 gols marcados, garantiu vaga na Copa do Mundo e retornou à Europa, para defender o Milan.

Bloco de Imagem

Com passagens de destaque por Porto e Barcelona, o meia retornou ao Brasil, em 2010, para defender o Fluminense. (Foto: Divulgação)


Deco



O meia brasileiro deixou o país muito cedo, e fez carreira no futebol português, chegando inclusive a se naturalizar lusitano. Em Portugal, teve destaque defendo o Porto, onde inclusive foi campeão da Liga dos Campeões em 2004.


Após defender ainda Barcelona e Chelsea, voltou ao Brasil em 2010, aos 33 anos, para defender o Fluminense. Apesar da idade, Deco ainda tinha um trato refinado com a bola nos pés, conquistando os Campeonatos Brasileiros de 2010 e 2012.


Se despediu dos gramados em 2013, aos 36 anos, ainda defendendo o Tricolor Carioca.

Bloco de Imagem

Uma das referências do futebol brasileiro neste século, driblou até o Grêmio, time que o revelou, para acertar com o Flamengo. (Foto: Divulgação)


Ronaldinho Gaúcho



Ronaldinho encantou o mundo pelos gramados europeus, com a intimidade que tratava a bola e facilidade com que fazia lances de efeito. Insatisfeito com o banco de reservas em sua última temporada pelo Milan, ele decidiu que havia chegado a hora de retornar ao Brasil. 


Grêmio e Palmeiras apareceram como prováveis destinos; o Tricolor Gaúcho, inclusive chegou a preparar uma festa de apresentação no antigo Estádio Olímpico. No entanto, em 10 de janeiro de 2011, o Gaúcho foi apresentado pelo Flamengo.


No entanto, sua passagem pelo Rio de Janeiro foi curta, com a conquista apenas do Campeonato Carioca daquele ano. Mas o estrelato de Ronaldinho pelo clube da gávea foi uma grande atração para os torcedores.

Bloco de Imagem

Após o sucesso em grandes times como Milan e Real Madrid, o holandês Seedorf embarcou em uma última aventura, para defender o 'Glorioso'. (Foto: Divulgação)


Clarence Seedorf



Apesar dos insucessos e da crise financeira, a gestão do presidente Mauricio Assumpção no Botafogo também teve momentos de euforia. Após assumir o mandato, o mandatário chegou a dizer que, durante sua gestão, iria trazer um craque de "fechar aeroporto". O alvo escolhido foi o meia holandês Clarence Seedorf. 


Casado com uma brasileira, o jogador se sentia em casa no Rio de Janeiro. Em 2012, aos 36 anos, assinou contrato de duas temporadas com o time da estrela solitária. 


No time carioca, conquistou a Taça Guanabara e a Taça Rio de 2013. Deixou o clube no ano seguinte, em meio a desentendimentos com a diretoria e atrasos salariais.

Bloco de Imagem

Melhor jogador da Copa de 2010, o uruguaio Diego Forlán deixou a Internazionale de Milão, em 2012, para defender o Internacional de Porto Alegre. (Foto: Divulgação)


Diego Forlán



Melhor jogador e artilheiro da Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, Diego Forlán teve passagens de destaque pelo Atlético de Madrid e Internazionale de Milão. Em 2012, o uruguaio de 33 anos decidiu se aventurar em terras brasileiras para defender o Internacional de Porto Alegre.


Com direito a recepção de gala, com mais de 3 mil colorados no Aeroporto Salgado Filho, assinou vínculo de 3 anos com o clube gaúcho.


No Brasil, foram 55 jogos e 22 gols em 2 anos, e o título do Campeonato Gaúcho em 2013.

Bloco de Imagem

Foi por pouco tempo, mas o sonho da torcida tricolor em ver Kaká de volta ao São Paulo se realizou, em 2014. (Foto: Divulgação)


Kaká



Durou pouco menos de 6 meses, mas o sonho do torcedor são paulino em ver Kaká de volta ao Morumbi se concretizou, em 2014. Melhor do mundo em 2007, o meia foi emprestado ao São Paulo após ser contratado pelo Orlando City, dos Estados Unidos. 


Aos 32 anos, o meia foi apresentado no dia 6 de julho, e a contratação mudou completamente os rumos do tricolor na temporada. Após sua chegada, o time teve uma arrancada e brigou, ponto a ponto, pelo título brasileiro de 2014, que acabou não se concretizando. 


Após o fim da competição, o atleta embarcou para fazer sua estréia pelo time norte-americano na MLS.

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo