Fechar

COLUNISTAS

Quer resultados em sua empresa? Adote a Gestão do Toró de Palpites!

Publicado por Lilian Caetano Bueno / Gestão na Prática, 09:20 - 01 de October de 2019

Olá!


Hoje vamos falar sobre uma ferramenta essencial para inserir a inovação em seu negócio e lucrar com isso. Vem comigo e “Leiture-se” no texto a seguir.


Para tudo!!! Será que é realmente isso que li acima? Gestão do Toró de Palpites?


Sim, meu caro leitor, foi isso que você leu..rsrsrsrs, Toró de Palpites é a famosa ferramenta Brainstorming, que na tradução literal significa “Tempestade de Ideias”. Mas por que Toró de Palpites? Porque para obter efetividade dessa ferramenta, é importante entender que para estimularmos a criatividade e consequentemente existir a inovação em seu empreendimento é necessário entender que antes de uma ideia se tornar “brilhante” muitas são as vezes (na grande maioria) ela surge apenas como um “palpite bobo”.


E é exatamente nesse momento que você Gestor precisa estar com seu feeling ligado, ter a percepção que empreender é muito além de liderança, iniciativas e networking, empreender é ser um aderente do Toró de Palpites.


OK, Lilian, entendi que preciso dar atenção aos Palpites, mas como faço isso?


A sugestão aqui é, inclusive, utilizar o apelido da ferramenta Brainstorming, o Toró de Palpites, como um nome de Programa de Inovação na sua empresa. E lembre-se, independente do porte da sua empresa, costumo sempre citar, desde um sapateiro que empreende num fundo de quintal, o pipoqueiro, a doceira, o lojista, o industriário, de acordo com a sua realidade e da sua equipe implante o Toró de Palpites.


Imagine disseminar para sua equipe que a empresa desenvolveu um projeto de Incentivo à Inovação e Melhoria Contínua por meio do PROGRAMA TORÓ DE PALPITES, sendo que o propósito é que 1 vez por mês todos irão se reunir num bate papo para anotar e aceitar todas as ideias.


A regra é deixar bem claro que todos palpites por mais “bobos”que possam parecer são importantes, o objetivo é deixar o ambiente super receptivo para surgimentos das ideias. A sugestão é anotar as ideias num quadro ou na parede (como preferir) e anotar em post-it’s, para não perder nenhuma informação, criando assim um “Mapa de Palpites”, para posteriormente analisar a viabilidade de execução.


Durante a “Tempestade de Palpites” para melhoria ou inovação do atendimento, do processo ou produto, saliente frequentemente que não existe certo e errado, coerência ou incoerência, existe apenas o incentivo a ideias.


Neste momento é importante que o Líder condutor da “Tempestade de Palpites” incentive a todos a liberarem a criança criativa que existe em cada um.


Criança interior? Como assim?


Em minha opinião todo Gestor deveria ler o livro “O Pequeno Príncipe” para internalizar em sua Gestão o pensamento livre de julgamento de ideias bobas. Vamos pensar num exemplo prático: Hoje, todos nós desfrutamos da acessibilidade do WhatsApp, Blockchain entre outras tecnologias que 10 anos atrás nem sonhávamos que era possível e sabe por que isso aconteceu? Porque alguém em uma reunião nesse mundo afora, despertou aquela criança interior (sim aquela criança criativa que imagina uma asa de dinossauro no carro e isso faz ele voar) e um Líder com o feeling super ativo deu “corda” para essa ideia e agora cá estamos nós, desfrutando dessa ideia que gerou inovação e muitooooo LUCRO!


Agora, eu te pergunto? Para inovar precisa muito?


A resposta está no título desse artigo, adote o Toró de Palpites em sua Gestão, tudo começa por um bate papo, palpites, e posteriormente análises, planejamento, execução e depois? #Bora colher frutos e lucros.


OK. Agora entendi, Lilian, mas ao convocar minha equipe para uma “Tempestade de Palpites”, posso pesquisar algumas inovações para mostrar na reunião?


A sugestão é: Apresente “cases” de inovação, ou seja, casos que possam inspirar a todos, mas lembre: Se você procura inovação na internet, sinto lhe informar, você está atrasado!!!


Se está na internet não é mais inovação, é apenas case, para inovar é apenas implantar e implementar a cultura do Toró de Palpites.



Conclusão


- Adotar o modelo clássico das ideias livres prepara sua equipe para focar em soluções inovadoras;
- Ideias brilhantes surgem de palpites “bobos”;
- Gestão inovadora tem feeling ligado em “Palpites”.


 



Grande abraço!
Lilian Caetano Bueno
Trading Consulter
Scamper Consultoria

Bloco de Imagem

Foto: Ilustrativa/Pixabay

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo