Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar nosso portal, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

17 de abril de 2024

Ministério da Fazenda passa por reestruturação e conta com novas subsecretarias


Por Agência Estado Publicado 21/02/2024 às 17h22
 Tempo de leitura estimado: 00:00

O Ministério da Fazenda passa por uma reestruturação a partir desta quarta-feira, 21. Com isso, a secretaria-executiva da pasta irá contar com duas novas subsecretarias – uma de Assuntos Tributários e Gestão e outra de Assuntos Econômicos e Fiscais.

As duas novas divisões se somam à subsecretaria de Gestão Estratégica (antiga diretoria da secretaria-executiva) e a subsecretaria de Gestão, Tecnologia da Informação e Orçamento. O novo arranjo desta última é uma junção das antigas subsecretarias de Orçamento e Administração com a subsecretaria de Planejamento e Tecnologia da Informação.

As mudanças na estrutura da pasta, que entram em vigor nesta quarta-feira, foram aprovadas pelo Decreto nº 11.907, de 30 de janeiro, publicado no Diário Oficial da União (DOU) do dia 31 de janeiro. Segundo a Fazenda, “a decisão atualiza e aprimora a estrutura do MF e suas Secretarias, com as respectivas competências”.

Conforme publicado mais cedo no Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), com as mudanças, o ex-assessor especial do Ministério da Fazenda, Rafael Dubeux, se torna secretário-executivo adjunto da pasta.

Fábio Fernandes, que atuava como secretário-executivo adjunto, assume a subsecretaria de Assuntos Tributários e Gestão, enquanto João Paulo de Resende, ex-assessor especial da Fazenda, fica à frente da subsecretaria de Assuntos Econômicos e Fiscais.

A subsecretaria de Gestão Estratégica da pasta fica sob a responsabilidade de Fernando Ferreira (ex- diretor de Gestão Estratégica) e a subsecretaria de Gestão, Tecnologia da Informação e Orçamento fica a cargo de Juliana Falcão (ex-subsecretária de Orçamento e Administração).

O ministério informa que a maioria dos nomeados já integrava a equipe da Fazenda, passando apenas por um processo de remanejamento de cargos. Entram neste grupo, segundo a pasta, integrantes da Secretaria de Prêmios e Apostas (SPA), além de nomeações em secretarias de Reformas Econômicas, Receita Federal, Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional (CRSFN) e do Conselho de Recursos do Sistema Nacional de Seguros Privados, de Previdência Privada Aberta e de Capitalização (CRSNSP).

Com as mudanças, a Secretaria de Assuntos Internacionais passa a agregar, segundo a Fazenda, a função de Secretaria Executiva do Comitê de Avaliação e Renegociação de Créditos ao Exterior (Comace), passando a atuar ainda na área de planejamento e coordenação das negociações para a recuperação de créditos brasileiros no exterior oriundos de financiamentos concedidos a devedores públicos.

Pauta do Leitor

Aconteceu algo e quer compartilhar?
Envie para nós!

WhatsApp da Redação

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Câmara Municipal de SP aprova privatização da Sabesp em primeiro turno


A Câmara Municipal de São Paulo aprovou, nesta quarta-feira, 17, em primeiro turno, o projeto que abre caminho para a…


A Câmara Municipal de São Paulo aprovou, nesta quarta-feira, 17, em primeiro turno, o projeto que abre caminho para a…

Economia

Relator da PEC do BC diz que governo está fazendo birra e que concluirá texto até fim de maio


O relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da autonomia orçamentária e administrativa do Banco Central, Plínio Valério (PSDB-AM),…


O relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da autonomia orçamentária e administrativa do Banco Central, Plínio Valério (PSDB-AM),…

Economia

AGU quer que MG pague R$ 2,3 bi da dívida em caso de prorrogação para aderir ao RRF


A Advocacia-Geral da União (AGU) defendeu, em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), que o prazo para Minas Gerais…


A Advocacia-Geral da União (AGU) defendeu, em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), que o prazo para Minas Gerais…