Fechar

Gastronomia

lanche típico

Confira o guia definitivo do cachorrão prensado de Maringá

Publicado por Luiz Santos, 08:55 - 14 de novembro de 2019

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Facebook Hot Dog do Fael Lanches

O cachorrão é o sanduíche típico de Maringá. Quase uma unanimidade, o lanche pode ter vários tipos de recheios e ser acompanhado por molhos como a tradicional maionese verde.


O GMC Online produziu um guia definitivo com várias informações sobre os dogões da cidade. Falamos sobre o tipo de pão utilizado para prepará-los, alguns recheios inusitados, as maneiras de preparar o lanche em casa e até outros lugares que reproduzem o sanduíche maringaense.



Confira:



Pão diferenciado

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação

Segundo Romildo Bossoni, dono da Bossoni Alimentos, até 1995 os cachorrões eram feitos com um pão menor e não eram prensados. Ele então, teve a ideia de criar um pão um pouco maior para dar uma "revigorada" no sanduíche.


Atualmente, a empresa de Bossoni é fornecedora de várias lanchonetes da cidade. Ao GMC Online, o proprietário disse que cerca de 80% da produção de 100 mil pães por mês fica em Maringá e o restante vai para fora.


Veja a matéria completa sobre a produção do pão de cachorrão.


Maionese verde

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação

Uma verdade inescapável é que um bom apreciador de dogão também deve dar valor a uma maionese verde de primeira linha.


O molho está presente em muitas lanchonetes e carrinhos da cidade e pode ser feito com ingredientes como cheiro-verde, salsinha, alho, leite e óleo.


O GMC Online provou a maionese verde e os cachorrões de alguns estabelecimentos e produziu uma lista com boas opções. Confira aqui.


Cachorrão recheado com coração de frango

Bloco de Imagem

Foto: Divulgação

Coração de frango é uma iguaria bem comum nos churrascos, mas que em Maringá também é utilizada para incrementar o cachorrão. Há pelo menos três estabelecimentos que servem lanches com o ingrediente na cidade.


Além de listar esses locais, a reportagem do GMC Online também provou pela primeira vez um lanche com coração. Veja a matéria completa.


Como fazer cachorrão em casa

Bloco de Imagem

Foto: PMM

É possível fazer um dogão de respeito em casa? Nós também já provamos que sim. Para ajudar os leitores nessa empreitada, explicamos aqui como é possível preparar a salsicha, molhos, salada e prensar o lanche.


Cachorrão doce

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Facebook

Os amantes de doces podem se sentir contemplados com os lanches de alguns estabelecimentos de Maringá. É que esses locais servem versões de cachorrão para comer como sobremesa.


Um exemplo é o Papaluna, onde o sanduíche é feito com o pão tradicional de cachorrão, mas leva recheios como amendoim, prestígio e sonho de valsa. No estabelecimento, o lanche também é prensado.


Já no Abacat’s Lanches, um pão especial, com sabor mais adocicado, é utilizado para compor o cachorrão doce. Os sabores disponíveis no local são sensação e sobremesa.


Leia a matéria completa.


Além das fronteiras maringaenses

Bloco de Imagem

Foto: Reprodução/Facebook

E o sucesso do cachorrão de Maringá é tanto que ele ultrapassa os limites da cidade. O GMC Online já conversou com estabelecimentos de São Paulo, Santa Catarina e até do Paraguai que servem o lanche típico da cidade.


 

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui, e encaminhe uma mensagem informando o seu nome.

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo