Fechar

Gastronomia

Delivery

Mercados de Maringá aderem ao iFood e descontos passam de 50%

Publicado por Monique Manganaro, com Agência Estado , 09:10 - 25 de fevereiro de 2020

Bloco de Imagem

Foto: divulgação/iFood

Em junho do ano passado, o aplicativo de entrega de comidas iFood começou a testar uma nova funcionalidade: entregar compras feitas em supermercados. As primeiras operações foram testadas em Campinas e Osasco, na Grande São Paulo, e, aos poucos, o novo serviço foi sendo difundido pela startup. Meses atrás, os clientes maringaenses do IFood também puderam começar a usufruir do serviço.


Atualmente, quatro supermercados da cidade estão cadastrados no aplicativo. Três deles têm entrega grátis.


As compras, assim como nos pedidos de comida dentro do app, são feitas com facilidade. O cliente pode escolher o estabelecimento de preferência e comprar os itens desejados, ou até mesmo pesquisar o produto e adicioná-lo ao carrinho. É possível fazer pedido dos mais variados produtos: hortaliças, carnes, produtos de higiene, bebidas, etc.


Depois de selecionar os itens desejados, basta clicar na opção “sacola” e finalizar a compra. O pagamento pode ser feito diretamente no app, ou no momento da entrega.


O iFood também dá a opção de agendar a compra. Assim, o cliente consegue receber o pedido no horário que definir.


Descontos


A plataforma também aposta em cupons de desconto para atrair os consumidores. Constantemente, o cliente pode receber notificações sobre ofertas dentro de estabelecimentos específicos. A mesma ferramenta também funciona na categoria mercado.


No entanto, os descontos não se limitam apenas ao dados pelo iFood. Supermercados de Maringá que aderiram à tecnologia têm ofertado itens com valores bem abaixo aos “tradicionais”.


Um dos estabelecimentos cadastrados na plataforma chega a oferecer descontos de mais de 50% em muitos itens, principalmente na categoria “bebida alcoólica”. Um dos produtos que, de acordo com o próprio estabelecimento, custava R$ 3,51, agora é ofertado dentro do aplicativo por R$ 1,42. Há cervejas sendo vendidas a R$ 0,98. Os descontos e os preços dos itens, no entanto, podem variar.


Porém, as grandes ofertas parecem ser especificamente para bebidas alcoólicas.


Rapidez


Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo no ano passado, o diretor financeiro do iFood, Diego Barreto, disse que a meta da empresa é conseguir entregar os pedidos de forma cada vez mais rápida. A ideia é que exista ao menos um supermercado parceiro em um raio de quatro ou cinco quilômetros do usuário.


Com mais de 120 mil entregadores parceiros espalhados em 500 cidades brasileiras, o aplicativo decidiu que os mesmos profissionais que fazem entregas de refeições podem fazer entregas de compras em supermercados.


Mas a empresa esclarece: o iFood não se responsabiliza pela compra dos produtos em si. A tarefa, nesse caso, é de total responsabilidade do supermercado. “Acreditamos que ninguém melhor que o mercado para organizar as compras. Nós vamos entregar o que sabemos fazer de melhor: gerar tráfego e fazer boa tecnologia”, disse Barreto ao O Estado de S. Paulo.



Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, clique aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.


Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo