Fale conosco
  • Ouça agora

    Maringá FM

    As mais tocadas da Maringá FM

  • Ouça agora

    CBN Maringá

    As mais tocadas da CBN Maringá

  • Ouça agora

    Mix FM Maringá

    As mais tocadas da Mix FM Maringá

  • Ouça agora

    CBN Cascavel

    As mais tocadas da CBN Cascavel

Portal GMC Online

Agora em Maringá

Ver próximos dias

Maringá

No Dia da Consciência Negra, UEM aprova implementação de cotas raciais

O embate foi longo – durou aproximadamente um ano, de forma oficial, claro. No ano passado, o coletivo negro Yalodê-Badá e o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros (Neiab), da Universidade Estadual de Maringá, protocolaram, junto à reitoria, o pedido de implementação de cotas raciais.

Desde então, discussões em comissões, apresentações públicas e o debate na imprensa vinham sendo feitos. O resultado final chegou nesta quarta-feira, 20 de novembro, dia da Consciência Negra: a UEM aprovou a implementação dessa ação afirmativa.

A decisão foi do CEP, o Conselho de Ensino e Pesquisa, composto por professores de graduação e de pós-graduação. A votação terminou assim: 98 votos favoráveis, quatro contrários e sete abstenções.

No momento de declarar o resultado, o reitor da UEM, professor Julio Damasceno, se emocionou.

Foi um momento de muita emoção no auditório do bloco C34, onde ocorria a reunião do CEP. Pessoas favoráveis à implementação se abraçavam e choravam. O psicólogo Paulo Vitor, do coletivo Yalodê-Badá, ainda emocionado, falou que agora era o momento de ficar em cima para ver o sistema ser implementado. E disse que ainda não havia caído a ficha de que eles estavam fazendo história.

“Agora é alegria, a ficha caiu no sentido de que será que aconteceu? Desde às 14h estamos aqui ouvindo posições contrárias, favoráveis, todo esse acirramento. Agora, a luta começa de fato. Tentar fazer com que as ações afirmativas se implementem.”

Na prática ficou assim: 20% das vagas dos vestibulares a partir de 2020 serão para cotas raciais. Desse total, 15% levarão em conta não só a cor da pele como critérios socioeconômicos. 5% serão livres. O candidato irá se autodeclarar, e uma comissão irá avaliar se o dado é correto.

Ao longo da reunião do CEP, houve momentos de tensão. Após um professor ter falado que era favorável às cotas, mas que temia evasões futuras e menos ingresso de pessoas não negras, ele foi vaiado.

Para o reitor Julio Damasceno e o vice-reitor, professor Ricardo Dias, sentimento de dever cumprido. Eles haviam prometido na campanha à reitoria, no ano passado, a que apoiaram a ação afirmativa.

A CBN Maringá acompanha a luta pela implementação das cotas raciais há anos. Reportagens da emissora ao longo dos últimos meses mostraram a apreensão dos movimentos sociais. Não à toa, um grupo de professores, formados por negros e não negros, se engajou para convencer os pares. O resultado mostra que o trabalho foi eficiente.

Com a decisão, a UEM passa a ter dois sistemas de cotas: a racial e a social.
Embora o número divulgado seja de 20% para o sistema de cotas, há quem entenda de forma diferente. É que esse percentual é sobre os 80% de vagas para o vestibular. A UEM reserva o restante, 20%, para o PAS, o Processo de Avaliação Seriada.

Agora, com a implementação das cotas raciais, todas as instituições de ensino superior públicas do Paraná passam a ter alguma ação afirmativa para a população negra.

A UEM conta com 20% de alunos negros atualmente, de um total de 17 mil estudantes. O grupo é composto por alunos pretos e pardos. Do restante: 66% são brancos, 6% são amarelos, 0,4% são indígenas, e 8% não se declararam.

Ouça a reportagem completa na CBN Maringá.

As mais lidas agora

Pagamento de até R$ 500 do FGTS para trabalhadores começa nesta sexta

O pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa nesta sexta-feira (27) para os trabalhadores nascidos em maio, junho, julho e agosto com poupança ou conta-corrente na Caixa Econômica Federal. A Caixa Econômica Federal iniciou neste mês o depósito automático para quem tem poupança, seguindo calendário […]

Pagamento de até R$ 500 do FGTS para trabalhadores começa nesta sexta

O pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa nesta sexta-feira (27) para os trabalhadores nascidos em maio, junho, julho e agosto com poupança ou conta-corrente na Caixa Econômica Federal. A Caixa Econômica Federal iniciou neste mês o depósito automático para quem tem poupança, seguindo calendário […]


Maringá