Fale conosco
  • Ouça agora

    Maringá FM

    As mais tocadas da Maringá FM

  • Ouça agora

    CBN Maringá

    As mais tocadas da CBN Maringá

  • Ouça agora

    Mix FM Maringá

    As mais tocadas da Mix FM Maringá

  • Ouça agora

    CBN Cascavel

    As mais tocadas da CBN Cascavel

Portal GMC Online

Agora em Maringá

Ver próximos dias

Maringá

Vereadores querem apurar uso político de cestas básicas

O requerimento aprovado na sessão de terça-feira, pergunta à Prefeitura de Maringá quantas cestas e cartões alimentação foram distribuídos à população necessitada. Se a distribuição foi feita por servidores públicos ou voluntários. E a relação completa de todas as pessoas que receberam o benefício.

O assunto voltou ao debate na sessão desta quinta-feira, 30, porque o vereador Willian Gentil disse que recebeu denúncia de que assessores de “políticos”, sem citar nomes, estariam distribuindo as cestas em caminhonetes.

“Ficam perambulando no bairro. ‘Estou entregando essa cesta aqui, porque o determinado político tal pediu para entregar’. […]”, disse Gentil.

O vereador diz que esses ‘políticos’ estariam entregando as cestas em nome próprio para tirar proveito, sem falar que foi a prefeitura quem comprou, com dinheiro de todos os contribuintes.

“Esse políticos e pessoas ligada à políticos, colaboradores, apoiadores, tiveram fazendo essa linha de frente. Pegando, entregando e, justamente, na entrega, sem cita que é da Prefeitura, que esse benefício que estaria recebendo é da Prefeitura. E, assim, tirando proveito político. Caracterizando a questão de compra de voto. Então a gente fez esse requerimento para que não possa ocorrer nenhuma injustiça, para que a gente possa confrontar e averiguar certinho”, explicou o vereador.

O vereador diz que ele e colegas podem levar a denúncia ao Ministério Pùblico. A Prefeitura de Maringá disse que ainda não recebeu oficialmente o requerimento da Câmara Municipal pedindo informações sobre a lista de beneficiários de cestas básicas do município neste período de pandemia. E complementou: “assim que o documento chegar ao Executivo, será respondido de forma transparente e encaminhado no prazo determinado por lei ao Legislativo, de até 15 dias”.

Ouça a reportagem completa na CBN Maringá.

Precisa sair de casa? Use Máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante.

Quer receber nossas principais notícias pelo WhatsApp? Se sim, cliquei aqui e participe do nosso grupo. Lembrando que apenas administradores podem enviar mensagens.

As mais lidas agora

Pagamento de até R$ 500 do FGTS para trabalhadores começa nesta sexta

O pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa nesta sexta-feira (27) para os trabalhadores nascidos em maio, junho, julho e agosto com poupança ou conta-corrente na Caixa Econômica Federal. A Caixa Econômica Federal iniciou neste mês o depósito automático para quem tem poupança, seguindo calendário […]

Pagamento de até R$ 500 do FGTS para trabalhadores começa nesta sexta

O pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa nesta sexta-feira (27) para os trabalhadores nascidos em maio, junho, julho e agosto com poupança ou conta-corrente na Caixa Econômica Federal. A Caixa Econômica Federal iniciou neste mês o depósito automático para quem tem poupança, seguindo calendário […]


Maringá